BRT Salvador recebe novos ônibus e terá terminal de eletrocarga

1045
Elétricos BRT
Foto: Prefeitura de Salvador
Publicidade

O início das obras do terminal de eletrocarga do BRT de Salvador foi anunciado pelo prefeito Bruno Reis e pelo titular da Secretaria de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Muller, na manhã desta sexta-feira (23/12), no Centro de Controle Operacional (CCO) BRT Salvador, na Avenida Barros Reis. Na ocasião, também foi realizada a entrega dos 22 novos ônibus que vão operar no modal.

O investimento para a instalação do terminal de eletrocarga será de R$ 3,9 milhões e a previsão é de que seja entregue em maio de 2023. O chefe do Executivo municipal ressaltou que a meta de atual gestão é garantir que 30% da frota seja composta por ônibus elétricos.

“Com inovação, inteligência e investimento de recursos públicos, aos poucos, vamos superando os principais desafios do transporte público. Hoje estamos com o BRT em funcionamento, que englobará 44 novos ônibus elétricos, e iniciando a implantação deste eletroterminal. Dessa forma, Salvador avança para ser a capital do Brasil com desempenho em eletromobilidade, que nos ajuda a enfrentar todo desequilíbrio do sistema, principalmente o fato de que a tarifa já não remunera as despesas. Então, é necessário agir com inovação para superar os desafios da melhor forma possível”, declarou Bruno Reis.

O gestor também afirmou que o BRT na capital baiana é muito mais do que uma obra de mobilidade. “O sistema tem melhorado o deslocamento das pessoas na região intensa de tráfego da cidade. Os alagamentos que existiam não acontecem mais em períodos de chuva. Nossa previsão é que em outubro do ano que vem, todas as obras do BRT estejam finalizadas para haver um funcionamento pleno, trazendo mais qualidade de vida aos cidadãos”.

Desafios 

Bruno Reis lembrou ainda que o transporte público era o maior desafio que a cidade teria que enfrentar ao longo dos quatro anos de gestão. “Isso é um problema para todas as grandes cidades do Brasil. Chegamos a executar diretamente um terço da operação e conhecemos com profundidade as demandas do setor. Este ano vamos nos aproximar dos R$90 milhões em recursos para o transporte. Em um cenário onde o combustível aumentou quase 131 % ao ano e o número de passageiros caiu com a chegada da pandemia, a receita do sistema também sofreu uma queda. Mesmo assim, Salvador realizou, em 2021, a maior compra de ônibus dentre as principais cidades do país. Foram 170 unidades com ar condicionado”.

Terminal 

O terminal de eletrocarga ficará estrategicamente localizado ao lado da estação Rodoviária, uma das estações de maior demanda, para uso exclusivo dos ônibus elétricos do modal. Será a maior estrutura do tipo no Brasil, tendo capacidade de carregar até 20 ônibus simultaneamente. Já os 22 novos ônibus adquiridos (18 são a diesel e quatro são elétricos) entrarão em operação após a entrega da estação Pituba, que está em fase final de obras e deverá ser inaugurada em janeiro de 2023.

“Com a construção desse eletroterminal, o município de Salvador reforça o compromisso com os desafios para mitigação e adaptação às mudanças climáticas, pois os transportes representam quase 70% das emissões da cidade. Neste sentido, incentivamos o processo de eletrificação de frota de transporte coletivo construindo este que será o maior eletroterminal de recarga de ônibus elétricos do Brasil”, afirmou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

Balanço 

Até a manhã desta sexta-feira, o sistema havia realizado cerca de 28 mil viagens, percorrendo 152 quilômetros, transportando 726 mil passageiros em velocidade média de 26 km/h.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui