Câmara de Salvador aprova subsídio para manter estabilidade na tarifa de ônibus

185
passagem
Publicidade

A Câmara de Salvador aprovou por unanimidade um Projeto de Lei que autoriza a concessão de subsídio orçamentário ao serviço de transporte coletivo da cidade, após a tarifa de ônibus subir para R$ 5,20.

O aumento foi justificado pelo prefeito Bruno Reis devido ao aumento de despesas, impactos da Covid-19 e elevação de tributos. Sem o subsídio federal, a passagem poderia ficar mais cara.

O projeto, válido até 31 de dezembro de 2024 e limitado a R$ 205 milhões, destina R$ 190 milhões às concessionárias de ônibus convencional e R$ 15 milhões aos permissionários do transporte especial. O subsídio será aplicado para compensar déficits tarifários.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui