Márcio França e Jerônimo Rodrigues visitam estruturas do Aeroporto de Salvador

190
Aeroporto de Salvador
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Publicidade

Com 66 voos extras programados para o período do Carnaval, o Aeroporto de Salvador recebeu a visita do governador Jerônimo Rodrigues, que acompanhou a agenda do ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, ao equipamento, nesta quarta-feira (15/02). Também participaram da visita ao equipamento, que integra a rede Vinci Airports, os secretários das Relações Institucionais, Luiz Caetano, da Infraestrutura, Sérgio Brito, do Turismo, Maurício Bacelar e do Desenvolvimento Econômico, Angelo Almeida.

A concessão para operação pela Vinci, em janeiro de 2018, contemplou um investimento para ampliação dos terminais de passageiros, que passaram de 11 para 19, aumentando a capacidade de transporte do aeroporto para 15 milhões de passageiros por ano. O Salvador Bahia Airport também passou a ser referência em sustentabilidade entre os terminais aéreos brasileiros por causa da implantação de uma usina solar, uma estação de tratamento de efluentes e uma central de resíduos.

Márcio França
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A visita do ministro dos Portos e Aeroportos, Márcio França, reforça a preocupação do Governo do Estado em priorizar os projetos de infraestrutura, para a Bahia, tal qual foi apresentado durante a participação de Jerônimo Rodrigues no Fórum de Governadores, realizado em janeiro, em Brasília. “Nós queremos essa parceria com o Governo Federal para que a gente possa aproveitar melhor as regiões turísticas da Bahia, com turismo religioso, turismo de praias, turismo de negócios, ampliando a cadeia de aeroportos e aeródromos”, declarou Jerônimo.

Durante a agenda, o ministro Márcio França transitou pelas novas pontes de embarque, que corresponde a uma expansão de mais 20 mil m2 para o maior conforto de passageiros e tripulantes.  A comitiva também visitou as instalações da nova sala vip e da usina solar, que tem capacidade para gerar cerca de 30% da energia consumida pelo terminal. “Vamos percorrer praticamente todos os aeroportos do Norte e Nordeste durante o Carnaval, para poder sentir o momento mais difícil e ao mesmo tempo detectar eventuais correções que podem ser feitas nos aeroportos concessionados, como é o caso daqui”, detalhou o ministro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui