Recarga digital populariza no transporte coletivo de cidades da Bahia

Levantamento realizado pelo aplicativo KIM mostra que mais de 350 mil pessoas utilizam o app para recarregar cartão de passagem na Bahia; cerca de 85% das transações são realizadas pelo PIX

1184
App Celular
Foto de Thought Catalog por Unsplash
Publicidade

Os passageiros do transporte coletivo de cidades da Bahia estão cada vez mais antenados às novas tecnologias na mobilidade urbana, conforme levantamento do aplicativo de recarga KIM. Com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais, e presente em mais de 50 localidades pelo Brasil, o KIM tem 57% dos usuários concentrados em território baiano, onde atende, além da região metropolitana de Salvador, Alagoinhas e Feira de Santana, abrangendo 15 municípios. São mais de 350 mil cidadãos beneficiados no estado.

Um dos fatores que ajudam a impulsionar o uso do aplicativo na região são as possibilidades de pagamentos digitais: transferência, cartão de débito, crédito, inclusive parcelado, boleto e PIX. Esse último, lançado em 2020 pelo Banco Central, é a forma preferida para realizar as transações pelo app, utilizada em 85,5% delas. Conforme explica Rubens Filho, CEO do KIM e especialista em mobilidade urbana e meios de pagamento, “essa forma instantânea de fazer transações logo foi incorporada ao KIM para realizar recargas, trazendo uma comodidade a mais para quem utiliza a funcionalidade, sem necessariamente precisar de um cartão de crédito, por exemplo, ou de esperar para o pagamento por boleto cair”.

O KIM chegou primeiro a Salvador, em 2017, desde então, expandiu sua atuação e vem investindo em melhorias e facilidades para o deslocamento dos cidadãos. Além de recarregar o Metropasse, Alagoinhas Card, Via Feira e o SalvadorCard, neste último, por exemplo, o aplicativo permite consultar os horários e paradas dos ônibus em tempo real, solicitar a primeira e segunda via do cartão, bloquear o cartão em caso de perda e roubo, para quem tem a versão identificada, e ainda fazer revalidação do cartão de transporte dos estudantes – público que representa 55% dos usuários do app na região.

O investimento em tecnologias para aprimorar o aplicativo dobrou em 2022 em relação ao ano anterior. Com isso, o faturamento também aumentou em creca de 70%. De acordo com Rubens Filho, o foco para 2023 é continuar aperfeiçoando as funcionalidades do app e ajudando o cidadão no dia a dia. “Nosso objetivo é simplificar a vida das pessoas ao máximo e apoiá-las em vários momentos com nossas funcionalidades, seja para o trabalho ou lazer, como foi nossa atuação no Expresso Salvador, transporte oficial do Carnaval da cidade”, ressalta o executivo.

Rubens Filho também destaca a importância de soluções que tornem as cidades mais inteligentes e proporcionem uma melhor qualidade de vida aos cidadãos. “Em 2022, chegamos à Feira de Santana e implementamos o QR Code para pagamento da passagem diretamente pelo celular, trazendo mais agilidade nos deslocamentos. Queremos proporcionar esse e outros benefícios para a região metropolitana e a capital Salvador também”, conclui.

Sobre KIM* 

KIM é um aplicativo de mobilidade urbana que tem o objetivo de facilitar a jornada do passageiro de transporte público. Criado em 2017, o aplicativo está disponível em mais de 50 cidades no Brasil, incluindo as capitais Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Florianópolis e Vitória. Através dele, o cliente consegue recarregar seu cartão de transporte, da forma que lhe for mais viável entre PIX, cartão de crédito ou débito, transferência, boleto ou depósito bancário.

Por meio do aplicativo, o passageiro consegue acompanhar toda a movimentação de uso do cartão através do extrato, revalidar o cartão de estudante, pedir uma segunda via e bloquear em caso de perda, roubo ou furto. Ele também permite o pagamento da passagem com QR Code, diretamente na catraca do ônibus e usando o celular.

* A disponibilidade dos serviços pode variar de acordo com a localidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui