Motoristas da Avanço Transportes mantêm greve após reunião sem progresso

Neste sábado (18/05), os motoristas da empresa de transporte metropolitano Avanço Transportes mantiveram a greve após uma reunião sem acordo com a empresa. O encontro, realizado à tarde, envolveu representantes dos trabalhadores e da Avanço Transportes, mas não houve progresso nas principais demandas, principalmente na recomposição salarial. Como resultado, a greve continua por tempo indeterminado, afetando aproximadamente 120 mil passageiros em seis cidades da Região Metropolitana de Salvador: Madre de Deus, Candeias, Simões Filho, Camaçari, São Francisco do Conde e Santo Amaro.

A greve, iniciada na sexta-feira (17/05), é resultado do descumprimento da convenção coletiva pela Avanço Transportes. Os trabalhadores exigem um reajuste salarial de 4,75%, um aumento de 5% no tíquete e na cesta básica, benefícios já concedidos por outras empresas do sistema metropolitano. No entanto, a Avanço concedeu esses benefícios apenas para os trabalhadores das linhas de Lauro de Freitas, alegando dificuldades financeiras.

Durante a reunião, a Avanço apresentou planilhas financeiras demonstrando prejuízos, mas não conseguiu oferecer uma solução satisfatória. A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) também não apresentou propostas para atender às necessidades dos passageiros das cidades afetadas.

Uma nova rodada de negociações está prevista para a próxima quarta-feira (22/05). O sindicato alertou que qualquer tentativa de operar as linhas sem a devida comunicação acarretará na paralisação total do sistema. Enquanto isso, outras empresas que compõem o sistema metropolitano continuam operando normalmente.

As linhas afetadas pela greve incluem:

  • Camaçari – Terminal Mussurunga
  • Camaçari – Simões Filho
  • Camaçari – Santo Amaro
  • Camaçari – Terminal Águas Claras
  • Camaçari – São Francisco do Conde
  • Candeias – Terminal Águas Claras
  • Candeias – Outlet Premium
  • Candeias – Simões Filho
  • Candeias – São Francisco do Conde
  • Madre de Deus – Candeias/Lauro de Freitas – via Simões Filho
  • Madre de Deus – Terminal Águas Claras

As linhas que continuam operando normalmente incluem:

  • Vida Nova – Campo Grande
  • Vida Nova – Boca da Mata
  • Jambeiro – Estação Mussurunga
  • Areia Branca – Terminal Águas Claras
  • Hospital Metropolitano – Estação Aeroporto

A crise no sistema de transporte metropolitano não é recente. Desde janeiro de 2022, diversas empresas encerraram operações ou enfrentaram dificuldades financeiras, levando à paralisação de várias linhas e impactando milhares de passageiros.

A licitação para renovar a frota de ônibus do sistema metropolitano, prevista inicialmente para 2017 e depois para 2019, não ocorreu devido à pandemia da Covid-19 e ao aumento dos custos. A Agerba, em colaboração com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), está revisando o processo para adaptá-lo à nova realidade.

Deixe um comentário