Salvador ganhará 836 novos pontos de ônibus com mais segurança e informações sobre horários do transporte

1546
Ponto Salvador
Foto: Divulgação
Publicidade

Nos próximos quatro anos, o mobiliário urbano de Salvador passará por uma modernização inédita. A novidade foi apresentada nesta terça-feira (28/02), pelo prefeito Bruno Reis, na Rua Martagão Gesteira, no bairro da Graça.

Até 2027, pontos de ônibus, paradas de táxi, lixeiras, relógios públicos e bicicletários serão implantados, reformados e informatizados, de modo a garantir mais conforto, segurança e informação para quem utiliza transporte público e depende do trânsito para a locomoção diária.

Além disso, foram apresentadas quatro novas bases novas de monitoramento para uso da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) e da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador).

No total, serão substituídos, por exemplo, 836 abrigos de coletivos e 200 pontos de táxis, que vão dispor de informações sobre clima, tempo de espera de coletivos e outros recursos tecnológicos.

Na ocasião, o chefe do Executivo municipal apresentou o contrato da Prefeitura com a Eletromidia, maior veículo de mídia Out of Home do Brasil. Segundo concessão assinada em janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), a empresa ficará responsável pela instalação, manutenção e informatização dos equipamentos por um prazo de 20 anos.

Mídia Out of Home (OOH) é uma das principais formas de publicidade em locais públicos, de grande circulação e ao ar livre e tem como objetivo alcançar as pessoas durante seus trajetos fora de casa.

Em seu discurso, o prefeito ressaltou a importância da parceria para a modernização dos equipamentos, o que vai garantir conforto, informação e segurança para o cidadão. “Este ato simboliza o início da troca de todo mobiliário urbano da cidade. Fizemos uma licitação em 2021 e hoje apresentamos o início desses resultados. Essa concessão representa uma arrecadação de R$ 187 milhões ao município. Este foi o maior valor pago no Brasil para concessão de ações em benefício de mobiliários urbanos”, destacou.

A Eletromidia é a maior empresa no Brasil nesta área, e o prefeito lembra que o investimento feito através dessa concessão se transformam em recursos que entram diretamente nos cofres públicos para impulsionar iniciativas que serão realizadas em diversas áreas da cidade. “Há uma série de obrigações contratuais, como trocas de lixeiras, pontos de ônibus, de táxis, relógios, etc. Se de um lado a gente consegue arrecadar recursos, de outro vamos melhorar a vida de quem pega transporte público. São novos pontos, que trazem mais conforto, tanto para chuva como para o calor. Vamos melhorar com isso também a vida das pessoas que pegam transporte público”, frisou o prefeito.

Concessão 

O contrato de concessão foi dividido em dois lotes. O primeiro é referente ao sistema de informação e limpeza urbana, que prevê a instalação e manutenção de 200 relógios, 50 painéis de mensagens variáveis e 25 conjuntos diretórios, além da instalação de 3 mil lixeiras. O segundo compreende o sistema de transporte da capital baiana com a instalação e manutenção de 836 abrigos de ônibus, 200 abrigos de táxis e 500 bicicletários.

Segundo José Carlos Jr., diretor de Relações Institucionais da Eletromídia, parceira da Prefeitura na ação, a estrutura dos novos pontos de ônibus foi pensada exclusivamente para a realidade de Salvador, de acordo com as características da capital baiana. “Foi um design totalmente pensado em Salvador, suas particularidades e necessidades. Temos dois lotes contratados. O primeiro relativo aos abrigos de ônibus, com 836 abrigos de coletivos e 200 para táxis”, afirmou.

Segundo ele, os abrigos são compostos por cobertura, banco, fechamento lateral, vidro com fechamento no fundo, carregador USB e iluminação noturna. “O equipamento atende a um tripé de prestação de serviço para a população: conforto, segurança e informação. Segundo nossos cálculos, cada usuário permanece em média 20 minutos sob os abrigos de ônibus. Isso quer dizer que, em um ano, cada cidadão terá passado uma semana em nossos abrigos. Então, a partir do momento em que ele é bem tratado nesses abrigos, sua relação com o sistema de transporte muda. Estamos cientes dessa responsabilidade e temos como respostas formas de melhorar o atendimento à população. Por isso, além do conforto e praticidade, queremos levar informações de utilidade pública, como hora, temperatura, além de ajudar a embelezar ainda mais Salvador”, salientou.

Esses equipamentos serão entregues conforme cronograma estabelecido entre os anos de 2023 e 2027. Este ano serão instalados 180 abrigos de ônibus, 50 bicicletários, 100 relógios, 5 painéis de mensagens variáveis e 300 lixeiras.

Fabrizio Muller, titular da Semob, fala da importância da modernização das paradas de ônibus em Salvador. “É uma ação direcionada a proporcionar mais conforto ao cidadão, principalmente do ponto de vista térmico, pois as pessoas ficarão mais protegidas de sol e chuva, poderão esperar o ônibus com mais segurança, além da sinalização eletrônica, para que as pessoas possam saber exatamente a hora de chegada do seu ônibus, por meio de aplicativos, QR Codes e outras inovações que serão postas em prática gradativamente”, disse.

Bases móveis 

As quatro bases móveis da Semob e Transalvador são consideradas essenciais para a atuação no monitoramento de trânsito e transporte na cidade. “No caso do trânsito, uma delas será utilizada na Operação Respeite a Vida, que realiza as blitze de alcoolemia na cidade. E a outra atuará em ações educativas, em portas de escolas e operações da Gerência de Trânsito, dando suporte às atividades, monitorando as atividades dos condutores nas ruas de Salvador”, explicou o superintendente da Transalvador, Décio Martins.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui